Aviso - Pedidos de Consulta de Prova

19. 07. 10
Acessos: 654

- destaque publicado desde 2019-07-10 -

No sentido de facilitar a vida aos alunos e às suas famílias e de agilizar o trabalho interno, este ano o nosso Agrupamento disponibiliza pela primeira vez a possibilidade de os alunos solicitarem, se assim o entenderem, consulta(s) de Prova(s) por via eletrónica. Para o efeito poderão usar este formulário interno, que permite o pedido de consulta de (até) 3 Provas. O preenchimento do formulário só produzirá efeitos se o aluno tiver saldo no seu cartão de estudante e se autorizar que os serviços internos debitem os custos associados ao procedimento. Uma vez preenchido o formulário interno (que é supersimples e intuitivo), a comunicação passa a estabelecer-se entre o requerente e o secretariado de exames, através do email que for fornecido no preenchimento do formulário interno. O levantamento de Provas a consultar poderá ser efetuado na(s) reprografia(s) EBLC e ESL, consoante se trate de alunos-EBLC ou alunos-ESL, obviamente. O formulário já se encontra disponível para familiarização mas só aceita pedidos a partir de dia 12 de julho, que é quando está prevista a afixação de pautas de Exames Nacionais do Ensino Secundário, da 1ª fase. A afixação de pautas das Provas Finais do Ensino Básico, da 1ª fase, está prevista para dia 15 de julho, sendo que nessa altura já o formulário se encontra em aceitação de pedidos, pelo que poderá ser usado pelos alunos do Ensino Básico.

Não obstante esta hipótese inovadora, recorda-se a todos os alunos e seus Pais e Encarregados de Educação que o pedido de consulta de prova(s) continua a poder ser efetuado por via tradicional, isto é, através do preenchimento do Modelo 09 - Requerimento para Consulta da Prova, disponibilizado em formato pdf pelo JNE, e que pode ser preenchido a computador ou manualmente.

Por último também pode ser importante alertar que os alunos que decidirem avançar com pedido(s) de reapreciação de prova(s), deverão recorrer aos modelos próprios do JNE, designadamente ao Modelo 11, para requerer a reapreciação e ao Modelo 11-A, para explanar a respetiva fundamentação.