Um Agrupamento amigo dos Animais

16. 12. 06
Acessos: 2406

Em junho passado uma gata prenha, que tudo indica ter sido abandonada, resolveu escolher a escola-sede do nosso Agrupamento para dar à luz uma ninhada de gatinhos; a bichana, com evidentes sinais de magreza, foi sendo acarinhada pela comunidade escolar e conseguiu sobreviver, acabando por se fixar no edifício-ESL. O tempo foi passando, foi criado um nicho de habitação no alpendre exterior junto ao refeitório-ESL e a gata criou os gatitos extremosamente. Uma vez desmamados, todos os juvenis foram adotados por elementos da comunidade escolar mas tornava-se cada vez mais evidente que a bichana, tendo-se aguentado, denotava sintomas de doença, agravados por prováveis sequelas de maus-tratos antigos. Neste seguimento, desde o final de julho e durante o mês de agosto, o Agrupamento, numa ação de solidariedade conjugada entre a comunidade escolar e a Clínica Veterinária - Cuidani+ (polo de Boim), consubstanciou a plena adoção do animal tendo-o encaminhado para tratamento e recuperação. Ainda durante o mês de agosto, acolhida por uma FAT (família de acolhimento temporário), a gata foi recuperando dos problemas de que padecia, restabeleceu-se por completo e regressou à ESL em plenas condições de autonomia e de coabitação com a comunidade, onde passou a ser a mascote da instituição. Entretanto a gata foi batizada de LEA (acrónimo inverso de Agrupamento de Escolas de Lousada) e hoje está perfeitamente integrada na (con)vivência escolar-ESL, prestando serviços de controlo (exterior) de pragas e desempenhando um importante papel pedagógico. Apesar do seu feitio pachorrento, no quotidiano atual, a LEA pode ser vista diariamente na ESL a frequentar a reprografia, o polivalente, a zona do ginásio e os jardins exteriores e em algumas alturas-surpresa pode também ser encontrada a fazer visitas inesperadas à secretaria, aos gabinetes de trabalho "da Direção", assim como ao átrio de entrada, laboratórios, biblioteca, CQEP, auditório e inclusive a salas de reuniões. Hoje em dia a subsistência da LEA está assegurada pelo espírito solidário da Clínica Veterinária - Cuidani+ (polo de Boim), como prestadora de cuidados de saúde, e da comunidade escolar, como colaboradora na angariação de "mimos" e alimentação.

Quem quiser/puder apadrinhar a LEA, através da doação de "mimos" e alimentação, deve dirigir-se à reprografia-ESL para obter as informações necessárias de como proceder. Para evitar equívocos, a Direção esclarece que o Agrupamento não aceita doação de dinheiro para a LEA.